sábado, junho 10, 2006

aos meus compinchas


compincha é uma palavra que não existe no dicionário.
mas é uma palavra que define a melhor relação que existe.
um compincha é tudo e todos podem ser nossos compinchas.
namoradas, amigos, pais, filhos, piriquitos, carteiros...
porque o compincha é aquele que não só é nosso amigo como é alguém com quem nos identificamos e que nos entende perfeitamente.
a relação com os compinchas não é perfeita, claro, mas é a melhor relação que se pode ter com alguém.
um compincha não se ri de nós, ri-se coNNosco.
um compincha apanha a merda que fazemos e nós apanhamos a dele.
a um compincha pode-se dizer tudo, pode-se confiar tudo, pode-se esperar de tudo.
é por isso que tenho o orgulho de dizer que conheço muitas pessoas, tenho bastantes amigos e apenas alguns compinchas.
[o (grande) autor é um ícone social, claro está.]
sendo que conhecidos, amigos e compinchas estão alinhados por ordem crescente de importância.
e bocemessê, em que categoria se coloca?

2 comentários:

Nandinho Jr. disse...

dado a natureza de qualquer uma dessas categorias, acho que estou fora do círculo. Ou seja, numa categoria que engloba essas mas que o seu tamanho é de tal grandeza que não cabe num simples desenho. Pode muito bem ser denominada por the world out there.

Miss Xangai disse...

Aceitas incricoes internacionais?


(desde que nao tenha que apanhar nada duvidoso teu, claro esta!-adorei o claro esta-)

 
origem