quinta-feira, julho 05, 2007

O Meu Pai - II

Infelizmente, o meu pai continua na mesma.
Coma profundo, sem reacções.
Ele está adormecido e eu, uns dias estou triste-standart, outros dias estou arrasado.

Porém, como a vida tem de continuar, mais vale um gajo encarar isto com algum humor do que andar aí a chorar pelos cantos agarrado às saias das senhoras que passam no metro.
E eu tenho um humor da cor da maioria dos habitantes da Cova da Moura.

Assim, passo a enunciar algo que me revolta.
Como muitos poderão saber, fiz ontem o último (espero) exame do meu curso.
Correu bem, dadas as circunstâncias.
Odeio ser avaliado, como a maioria das pessoas.

Mas o que me chateia é que, mesmo em coma, um gajo está a ser avaliado.
Ontem falei com um médico que me disse que o "score" do meu pai é muito baixo.
O score mede-se consoante o nível de reacções que o comatoso tem, como resposta a dados estímulos.
O score vai desde zero (meio-morto) até 15 (quase-a-acordar-do-coma)
Esses estímulos vão desde pequenos beliscões até dores que fazem o Stephen Hawking fazer os 100 metros em 7,4 segundos, bem como reacções ao som e à luz, entre outros.

E o meu pai é um calão!!
Tem um score de 3 ou 4.
Não há direito!
Mesmo em coma um gajo é avaliado (à revelia do próprio) e fica com fama de calão, porque tem más notas.
O que eu disse ao médico é que ele não devia estar à espera do exame e então não se preparou devidamente.
A ver se o chavalo estuda, para no próximo rebentar a escala.
.

4 comentários:

Alf disse...

Copianço não é uma opção, pois não?

Anónimo disse...

Há sempre uma segunda avaliação ... É como nos exames, temos sempre a 2ª chamada ou exame de recurso!!! Tens que acreditar que ele vai passar.
Beijos e muita força

Anónimo disse...

pois é, a vida nunca pára à espera seja do que for. quiçá, amanhã o 'score' já não subiu para 8?! e depois mais e mais. é preciso é acreditar e não desistir porque ele está a lutar de certeza:)
hang on!

T. xx

D.T. (J.) disse...

Dois exames que só podem correr bem! abraço

 
origem