sexta-feira, dezembro 08, 2006

agradeço

porque escrever não tem preço
e porque o faço com apreço
pois se não escrevo ainda me esqueço
de que como (grande) autor reconheço
que a escrita é o meu gesso
nos dias partidos em que espaireço
e se não escrevo desapareço

(e que este poema é merda pura no seu começo)

2 comentários:

Poeta Popular disse...

Continuas a querer rimar,
mas poesia não é para qq um
a esquemática tens que respeitar
se não, não tens valor algum!

Deixo-te este conselho,
sou um amigo espectacular
não sou vermelho
sou o poeta popular!!

Tiago disse...

É merda e tu não tens preço
Gosto muito de ti
Porque tens um penis de gesso.

 
origem